O Velho Logan | NerdDrops

Wolverine – O Velho Logan

(Publicado pela Panini em 8 edições na revista Wolverine (série de 2009)


O arco nos leva a 50 anos pro futuro, Wolverine não existe mais, os heróis estão mortos
e os que restaram estão escondidos. Logan, como agora é chamado, se preocupa somente emcuidar da sua família. As terras onde vive agora são controladas por Banner e sua família de Hulks, pela primeira vez ao não conseguir dinheiro pra pagar eles, Logan entra junto a Clint Barton, o Gavião Arqueiro, agora cego, numa viagem da Costa Oeste á Costa Leste para entregar um pacote em duas semanas com um pagamento de 500 dólares. 

 
“É aqui que isso acaba, seu caipira filho da p*ta” – Logan


O Velho Logan Vol. 1

(Publicado pela Panini em 4 edições entre agosto e novembro de 2016, como Tie-In de Guerras Secretas)
 
Por boa parte da revista ficamos num impasse, um Logan que não quer ser Wolverine e ninguém entende o motivo. Em diversos momentos parece que ele não vai aguentar vai sair espancando todo mundo. O suspense do motivo, além de bem feito é por uma boa causa. Assim como o comportamento de Logan, um cara pacífico, que aguenta desaforo calado, soco, pontapé e qualquer tipo de humilhação sem reagir. 
Decrépito, acabado, vivendo uma vida lamentável, sem família (massacrada pela gangue do Hulk), sobrevivendo com Danielle Cage, cuidando de um bebê Hulk… Tudo ia bem até uma cabeça de Ultron cair do céu e deixar o Carcaju encucado, que vai atrás de respostas, ficando com ainda mais dúvidas. Um mundo dividido por domínios, controlados por heróis e vilões agora denominados Barões, uma força policial formada por Thors, os X-Men vivos e um Deus Destino.

“Que @$#@ é essa” – Logan
 

O Velho Logan Vol. 2

(Publicado mensalmente pela Panini a partir de Velho Logan n° 5)
 
Continuação direta dos acontecimentos que rolaram durante “Guerras Secretas“, o primeiro arco, “Fúria Selvagem” mostra Logan retornando para uma Nova York diferente, normal, até demais pro que ele está acostumado. Contando com alguns flashbacks fantásticos com sua família, ajuda a mostrar as motivações do personagem. Logan entende o “porque” de ter retornado, pra “caçar” e se vingar daqueles que no futuro vão acabar com seu “sossego”. Com isso, encontra mais dois personagens, um diferente Gavião Arqueiro, Kate Bishop e um velho Capitão América, que após um desentendimento, levam Logan a algo que trás ainda mais perguntas, seu suposto “túmulo”.

“Você morreu, este aqui não é o seu passado” – Steve Rogers
 

Com isso, somos levados ao segundo arco, “A Cidade na Fronteira“, Logan deixa tudo pra trás e viaja para o norte do Canadá, numa cidadezinha onde encontra alguém familiar de uma forma surpresa, Maureen, a mulher (aqui uma criança) que se tornaria sua esposa em seu futuro. Vendo ela, jovem, com muito a viver e mais uma vez tem uma motivação pra continuar: Proteger a sua amada, sabendo que nunca vai ficar com ela, mas podendo proteger ela de tudo. Tudo parece ir bem, quando os Carniceiros resolvem aparecer, caçando Logan a mando de Lady Letal, levando os dois a um mortal conflito de acerto de contas. Finalizando o arco de forma majestosa, e nessas horas, a arte do Sorrentino e as cores do Maiolo, arrepiam até a alma de tão magnífica que transforma os quadros.


“Fala pra guria… Que eu sinto muito… Por tudo que aconteceu” – Logan
 


E assim se acabam as publicações até agora, HQ mega recomendada, tanto a original, quanto essa fase “Pós Guerras Secretas”, que a arte tá de arrepiar, o roteiro tá sensacional e é o Carcaju, o melhor no que faz!


O Velho Logan é publicado mensalmente pela editora Panini.

Post Author: admin